Depoimentos de atendimentos com

Terapia Transpessoal

flores de laranjeira

Atendimentos em Psicoterapia Transpessoal:

 

Bruno. Joinville SC- Tratamentos terapia transpessoal presencial. Conheci o trabalho da Aline por indicação de uma grande amiga. Eu havia comentado com ela sobre o momento de depressão pelo que estava passando. Foi quando ela me sugeriu as aplicações de reiki. Logo na primeira sessão, eu me senti muito acolhido pela Aline, que me abordou de forma solidária e sincera, procurando me acalmar com exercícios de respiração e conversando abertamente. Após esse acolhimento inicial, recebi a aplicação de reiki e lembro que já me senti mais leve e aliviado de sensações ruins, tanto físicas quanto emocionais. Com muito respeito e calma, ela percorria as regiões tensas do meu corpo, demonstrando uma maestria particular em identificar as áreas mais comprometidas. Isso se manteve por outras três sessões, em que a Aline também compartilhou comigo experiências semelhantes e me sugeriu algumas dicas para melhorar, principalmente, meu ânimo e minha energia. Eu fiquei muito grato pela forma como fui cuidado por ela, que sempre se mostrou muito segura do seu trabalho e confiante nos resultados que foram surpreendentes. Com ela eu aprendi como é importante perceber minha Mãe a Pai internos e como eu preciso ter carinho pelo meu eu interior.

 Um beijo com carinho :)

Artista

Bruno - Joinville SC Brasil

Floresta enevoada

Meu nome é Carina tenho 34anos, sou natural de Joinville, recebi atendimento no consultório da terapeuta Aline Melo em Joinville, estou recebendo atendimento com várias terapias. Como sofro de crises de dores de cabeças tipo enxaquecas principalmente na semana da menstruação e também ansiedade, perguntei para a minha prima que estava fazendo tratamento com uma pessoa que estava lhe ajudando muito para problema dela, daí resolvi marcar uma consulta também. Nossa nunca tinha nem ouvido falar destes tratamentos, comecei o tratamento a um mês e não tive ainda nenhuma crise de dor cabeça até o momento e para minha felicidade e estou na semana da menstruação e não estou sentido nada graças a Deus, com apenas um mês de tratamento. No primeiro dia deu uma certa vergonha mais hoje me sinto bem a vontade adoro, momento que me deixar bem relaxada. Aline é uma pessoa muito simpática, exerce seu trabalho de uma profissional exemplar, e motiva sem a gente sempre a mudar de qualidade de vida, pois não tomava chás, quase não comia frutas e nem comia verduras verdes, mas como ela foi me incentivando a comer com aquele seu jeitinho meigo e simpático que só ela tem come Carina amarguinho é saúde como ela diz para não sentir dor é preciso comer. KKKKK. Hoje, já como mais verduras verdes, chás duas vezes ao dia e uma fruta todo dia. Eu indicaria com certeza pois está me ajudando muito e estou melhorando a minha alimentação e qualidade de vida também, pois tinha uma alimentação totalmente errada. Por isto acho que o trabalho dela é superimportante, fora que tem mãos de fadas para fazer as massagens, uma paciência para escutar a gente e dar bons conselhos adoro ela. Parabéns pelo belo trabalho está me ajudando muito. Obg!"

ADM

Carina - Terapia corporal - Joinville SC

Gotas de orvalho dramáticas

NATÁLIA BORGES, DE PARIS - PSICOTERAPIA TRANSPESSOAL - vIA SKYPE BR-FR - "Tenho 28 anos, sou de São Paulo e faço terapia transpessoal via skype.

 

Conheci a Aline no colégio e através de sua página pessoal no facebook, pude entrar em contato com o seu trabalho. Depois de algumas experiências pessoais, senti a necessidade de me conhecer melhor, entender os motivos de certos comportamentos e atitudes, e através da terapia, sinto que estou no caminho correto para atingir meus objetivos. Sinto uma grande comodidade e conforto por estar em minha casa, e a Aline transmite segurança para que eu me sinta totalmente a vontade durante as sessões.Ela é uma pessoa que combina empatia e assertividade na medida exata. Ela é uma profissional excelente, sempre atenta à tudo o que é falado, sempre com muita simpatia e paciência, mas que fala tudo aquilo que precisamos ouvir, sem meias palavras, o que considero ótimo. Sobre a Aline só tenho elogios à dizer. 

 

Eu a indico à todos que buscam o auto-conhecimento, seja através da terapia ou através do Tarot (também recomendo!), pois acredito que a escolha de um bom profissional é extremamente importante e a Aline é a pessoa que preenche todos os requisitos. Com apenas algumas sessões, eu já havia percebido o quanto ela é a pessoa certa para isso."

Terapeuta

Natália

Torta de maçã rústica

TAMARA  - PSICOTERAPIA TRANSPESSOAL, presencial em Joinville - SC "Tenho 32 anos e moro em Joinville Ha 8 anos e faço a terapia transpessoal. Conheci o trabalho da Aline através do facebook E Senti a necessidade de desacelerar em relação a meus pensamentos e sentimentos, aprender a aceitar e sentir o que o universo o que o universo me proporciona. Faço os atendimentos presenciais.

A Aline, como sempre falo pra ela, é um ser de mta luz que me transmite paz e me ajuda a entender o que a vida tem me mostrado, me faz ver a realidade das coisas mesmo que elas doam...percebo a minha evolução desde que iniciei os atendimentos,me sinto mais tranquila, menos ansiosa e aceito mais as as coisas que a vida me depara. Sempre esteve  prontamente a disposição para me atender mesmo fora dos horários. Indico para as pessoas que querem se conhecer, resolver algo interno , angustia e sentimento mal resolvidos ...As vezes nos encontramos em situações que não conseguimos agir sozinhos precisamos de uma orientação ou até mesmo alguém para desabafar e nos fazer encontrar a paz interior. Suas técnicas de relaxamento são ótimas e saio dos atendimentos relaxada."

Nutricionista

Tamara

ramalhete

Moro no Japão há 10 anos. Tenho duas filhas, Larissa de 12 anos e Jessica de 8 anos. 
Sempre converso muito com a minha comadre que mora em São Paulo, Brasil. E sempre falamos das nossas experiencias da maternidade, e um dia eu desabafando com ela, ela disse, amiga, acho que vc precisa fazer terapia. Ela comentou que começou a fazer terapia, e para ela foi ótimo, e ela indicou a Aline.   
A princípio eu esta apreensiva, como sou cristã sempre achei que com as orações eu iria conseguir resolver, e aquela coisa de tentar resolver sozinha etc e tal, mas eu percebi que estava andando em círculos sem nenhum resultado.

Me separei há 3 anos atrás, e o pai das meninas desde que nos separamos  foi morar no Brasil e faz 1 ano que não temos nenhum contato com ele. 

 Esse ano comecei a ter dificuldades em lidar com a minha filha caçula.

Ela começou a ter surtos nervosos, de gritar, ficar agressiva e chorar. Começou a esconder utensílios de cozinha que eu sempre uso, tinha muitas brigas entre as irmãs, muita mentira. E dia após ao outro era algo novo e de errado no comportamento. Procurei aqui no Japão psiquiatra infantil e não consegui encontrar,  encontrei um medico pediatra especialista em desenvolvimento infantil, relatei o que estava acontecendo com a minha caçula e ele receitou um remedio para ajudar na dopamina, ouve sim algumas melhoras, mas ainda assim eu tinha muita dificuldade em lidar com o acesso de raiva da Jessica.

Até que resolvi entrar em contato com a Aline e comecei a fazer a terapia no dia 17 de setembro, 4 dias antes da minha caçula fazer 8 anos.

Na primeira sessão ja senti uma grande diferença, o fato de iniciarmos a sessão  com a técnica de respiração, relaxamento , parece que o corpo absorve  ficando  na memória do corpo, e toda vez que eu me encontrava numa situação dificil com a minha filha meio que automaticamente eu ja começava a respirar fundo e conseguia exercer a paciência. Tivemos momentos de caminhadas com historia que foi muito bom para mim e para as crianças. Aprendi com a Aline sobre ser flexível, algo que acho que nunca havia pensado nessa possibilidade, sempre ouvimos muito sobre pais permissivos e pais autoritários, e raramente ouvimos o termo flexível.

Muitas das vezes quando eu percebia que eu não iria conseguir ter paciência com determinada situação dentro de casa,  eu ia respirar la fora e fazer  caminhada , e isso é algo que a minha filha mais velha absorveu com facilidade, achei muito sábio da parte dela. Uma tarde ela estava em casa, e meu irmão entrou em casa para  fazer a janta e ele começou a cobrar dela varias coisas, como a casa organizada, varrida, louça guardada,  sapateira organizada ... Ela para não discutir com ele e não ficar nervosa, pegou as garrafas de agua vazia e foi encher no supermercado ao lado de casa, aproveitou para comer um pãozinho e depois chegou em casa , pediu desculpa para o tio e o tio tmb porque foi o tempo dele ter esfriado a cabeça, assim, a paz reinou em casa

 

Nas outras sessões fomos aprofundando na raiz, origem do problema da disputa das minhas filhas, competição, rivalidade que havia entre elas. Lembro-me que a Aline me perguntou se eu me sentia como se fosse a  filha mais velha, pois a ordem de nascimento em casa era eu, minha irmã e depois meu irmão. E eu respondi que não me sentia mais velha, me sentia como se tivesse alguém acima de mim e depois eu. Ela foi conduzindo a sessão, e gente, foi muito libertador, parecia que o Espirito Santo vinha trazendo a memória algumas coisas do passado,  conforme ela foi ministrando no meu coração foi vindo uma paz, uma cura interior. Tudo  aquilo que eu me sentia cobrada e que eu me cobrava , aquele peso foi saindo, e é como que uma criança interior estivesse saindo de dentro de mim. Sei que chorei muito, me vi e me senti abraçada pela minha mãe, meu pai. E sei que depois desse dia, despertou em mim um lado que nunca havia experimentado. A alegria de ser mãe. Como assim? Sim, eu era mae de duas meninas mas não conseguia me sentir mãe, não conseguia sentir o amor, aquele amor que todos falam, eu não conseguia brincar junto com as minhas filhas, não conseguia me envolver por mais que eu quisesse , e depois dessa sessão, brotou algo no meu coração. Tanto é que depois de muito tempo , se não for anos,  brincamos de badminton. Eu , minhas filhas e meu atual cônjuge. Ficou um marco para nós esse dia. Outra coisa que mudou muito para mim após essa sessão, é que antes eu não tinha tanta paciência de ouvir a minha filha mais velha, ela vinha desabafar sobre o dia dela e ao invés de ouvi-la com atenção ou as vezes somente apoia-la , eu sempre queria dar o sermão do monte, falava para ela que ela estava errada de ficar reclamando, ou a contrariava, após essa sessão, comecei a ouvi-la com atenção e esperava ela desabafar ( geralmente era assunto relacionado aos colegas da escola) e eu concordava com ela, ou dava dicas de como agir em caso de bullying. E algo que notei dentro de mim foi que eu achava que antes eu fazia hora extra para ajudar nas finanças de casa e eu percebi que na verdade era fuga , fuga de ficar menos tempo com os meus bens mais preciosos, as minhas filhas. A partir desse dia eu tomei a decisão de trabalhar por menos tempo para ter mais tempo para as minhas filhas. 

Bem o que o versículo diz Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertara

Algo muito maravilhoso que aprendi na terapia também é a questão da paternidade. Sempre ouvi a famosa frase Pai é quem cria e não quem faz, e sempre aceitei como a verdade, e a Aline já me mostrou que não é assim e quando aceitamos essa verdade geramos um enorme conflito no coração dos nossos filhos. 
Pelo fato da minha mãe ter passado uns três meses conosco aqui no Japão, ela meio que incutiu essa frase na cabeça das minhas filhas, sendo assim, as minhas filhas se referiam ao pai delas de antigo pai ou fulano de tal. E passando pela terapia percebi o quão desrespeitoso é  essa atitude. Afinal, elas são compostas por 50% das células dele, e se não fosse ele, elas não existiriam .
E eu com a imaturidade, talvez mágoa, sentimentos negativos que vem com o divorcio sempre evitei de falar a respeito dele e até mesmo do divórcio, ficando no ar as coisas para as ,minhas filhas. E justamente na semana que trabalhamos essa área, a caçula pediu para ver um video que temos dele no youtube com a mais velha quando bebe, e aproveitei essa situação para falar do pai, o quão amoroso ele foi com elas, e explicar o motivo do divorcio. Percebi que a alma delas ficou mais leve. NO começo houve um pouco de resistência delas, mais na mais velha, mas conforme fui mostrando o lado bom dele, explicando tmb a historia dele, o coração foi amolecendo . A mais velha que tinha costume de roer as unhas e ficar arrancando a pelinha ao redor da unha, depois dessa conversa , deu uma boa diminuída nos machucados dos dedos

Por que continuo fazendo terapia com a Aline ?

A forma dela conduzir a terapia , linha, método, não sei o nome certo, rs é muito parecido com algo que acredito , eu acredito que muitos dos nosso problemas , está ligado na infância, em alguma questão mal resolvida no passado. Participei de um seminário chamado Veredas Antigas, fundado pelo pastor norte americano Craig Hill e ele aborda muito este tema, a cura da alma. Eu comecei um processo desta cura, dentro da Igreja, atualmente não frequento igreja, e acho lindo este trabalho da Aline porque realmente é libertador, quantos de nós  vivemos enganados sem saber, quantas coisas que vivemos pelas consequências do passado , e a Aline traz a Luz todas essas coisas. Deus me disse bem forte que aquilo que Ele começou Ele há de concluir, e Ele sabe que não frequentarei uma Igreja tão cedo assim , e a forma ,o tempo como a Aline apareceu em minha vida, não é coincidência.

Que você Aline continue levando a verdade, a Luz do Divino, a sabedoria para as pessoas ! Continue sendo  instrumento de Deus para que  muitas pessoas possam ser  curadas e restauradas através da sua vida! Muito Obrigada sempre pela sua dedicação, sabedoria, amor ! 

Pedagoga

Silvia

Menina, com, gingerbread, homem

Ana Maria, Terapia Transpessoal Presencial -  JOINVILLE SC: "Tenho 35 anos, sou natural do interior do Paraná e faço Terapia Transpessoal presencial.


 

Estava no Facebook e acabei observando um compartilhamento/propaganda de alguém sobre a Terapia Transpessoal, busquei saber mais o que era essa Terapia em outras páginas e decidi entrar em contato com a Aline para ver como funcionaria comigo. Sou uma mulher experiente, sofrida e estava insatisfeita comigo mesma. Estava num ponto que não agüentava mais, sem força para enfrentar a maledicências do mundo, sabe aquela sensação de você morrer na praia em cada situação, assim era comigo. Busquei a Aline para entender porque tudo de errado acontecia comigo. E, pasmem desde que comecei a terapia minha vida deu uma guinada, tem sido uma reviravolta incrível. Mudanças realmente têm acontecido significativamente, principalmente comigo, nos meus pensamentos, no meu modo de agir... A percepção está muito mais aguçada, só tenho a agradecer por esse breve momento que comecei e estou vivendo essa nova fase. A Aline parece uma menininha, mas quando abre a boca e começa a falar, nossa, mostra o que ela mais, na minha opinião mais entende, entende: escutar as nossas lamurias, observar com ternura e após com técnicas de meditação, respiração e muito carinho e dedicação tenta mostrar aquilo que não estamos enxergando, e propondo discussões diante de cada caso. A palavra final é só nossa. Ela passa muita segurança e sim nos deixa bem à vontade. Ahh! A Aline é uma Mãe, Mulher, Menina, Moleca que só acrescenta a nossa vida com coisas boas e muuuuita alegria. Tem uma energia incrível, sempre prestativa, amiga e companheira. Seu trabalho é sua fonte de dedicação, tem muito conhecimento e conseqüentemente segurança daquilo que transmite. Com certeza indico a terapia transpessoal, na verdade todas as pessoas deveriam fazer. É uma válvula de escape para as correrias do dia a dia. Só a meditação e as técnicas de respiração já valem à pena. Mas você tem que estar de coração aberto e reconhecer suas limitações, tem que querer se ajudar também."

Advogada

Ana Maria

Lanternas em uma barraca

Lais Alpi Landim, sobre Psicoterapia transpessoal via skype (SP Marília - SC):"Há muito tempo sinto que tenho tendência à depressão e dificuldade em realizar planos e idéias, mas nunca tomava a iniciativa de procurar terapia, até que perguntei pra Aline se ela podia atender pessoas conhecidas e gostei da ideia,o fato de ser feita em casa também animou. Me senti bem segura e a vontade, mesmo sendo pelo skype, achei até mais cômodo! Desde a primeira sessão senti a diferença, tanto na minha capacidade de compreender meu emocional quanto de realizar o que eu desejava, e isso foi graças à habilidade da Aline de enxergar minha situação como um todo. A terapia é bem intensa. Adorei o fato de fazermos relaxamento mo início e no fim da sessão, pois ajuda a limpar os pensamentos a ver e sentir mais claramente. Já indiquei e vou continuar indicando este trabalho, pois me fez um bem imenso, senti mudanças e resultados muito rápidos e agora que conheço esta modalidade de terapia, sinto que é mais interessante que apenas a Psicanalítica.

Socióloga 

Lais Landim

Tokens queda

MLS - Joinville -SC -  PSICOTERAPIA TRANSPESSOAL PRESENCIAL - 

"Bom Dia,

 

Tenho 29 anos, sou de Joinville - SC. Realizei com Aline o Curso de Tarot Terapêutico, primeiro módulo. Depois um período de Terapia Transpessoal, e por fim uma consulta de Tarot terapêutico.

Conheci o trabalho da Aline através de um link no Facebook, uma colega compartilhou o curso, entrei em contato e alguns dias depois estava tendo minha primeira aula. As aulas eram calmas e tranquilas, em um determinado dia tive problemas antes de chegar ao espaço que ela atende, quando cheguei lá estava transtornada, aborrecida, chorava bastante, e ela começou a me escutar e a trabalhar energeticamente comigo. Nossas aulas de Tarot foram transferidas para a terapia transpessoal.

Fazia minhas consultas semanalmente, e a Aline conseguiu o que nenhum psicólogo tinha conseguido, me ajudou a expor o que realmente me incomodava, até então eu passa por um período em que acreditava que deveria resolver meus problemas sozinha,que deveria lutar contra mim mesma, sem precisar me abrir ou até mesmo chorar para alguém.Desde os meus 15 anos tinha crises de pânico, tinha estados alternados entre a segurança e a insegurança, tomei remédios, frequentei psicólogos, terapeutas, mais nenhum avanço, somente os sintomas adormeciam, e quando menos esperava voltavam. Sempre tive problemas de relacionamento com uma pessoa de minha família, e nunca tinha me sentido a vontade para expor essa angustia, consegui em um curto espaço de tempo entender, ou ao menos aprender a lidar com nossas diferenças. Através de nossas terapias, consegui me aceitar ou até mesmo tentar me entender, consegui ver que preciso até do meu lado escuro para enfrentar os meus medos, para que através dele eu consiga chegar a luz, aprendi que devemos respeitar nossos limites e muito mais respeitar nossos semelhantes. Aprendi tanta coisa, que hoje consigo viver de uma maneira mais serena, mais compreensiva, consigo olhar o mundo com mais calma.

A Aline foi um grande reencontro pra mim, foi um encontro programado para o momento necessário, para o momento que seria de maior proveito em minha caminhada, hoje não realizo mais a terapia, mais tenho uma grande amiga, tenho uma companheira (quando preciso ainda realizo umas consultas), sinto como se ela fosse uma irmã que a vida me devolveu!

Muitas vezes em nossa caminha precisamos de uma ajudinha para nosso auto conhecimento, e é ai que a Aline entra, entende do assunto, nos ajuda a dar esse passo tão importante em nossa evolução, como pessoa, como espíritos procurando progredir em um mundo caótico. "

Fiquei satisfeita e super recomendo o trabalho on-line da Aline, com certeza indico e vou tirar taro outras vezes. Obrigada Aline! Namaste"

Terapeuta

MLS

Plantas na Janela

Gabriela Klein, sobre PSICOTERAPIA Transpessoal presencial - SC: "Tenho 24 anos, sou de Joinville/SC, recebo terapia transpessoal presencial.

Conheci o trabalho através do facebook e pessoalmente durante grupo de estudos do sagrado feminino.

 

Meus objetivos são puramente autoconhecimento, quebra de padrões e barreiras internas. Sinto-me muito segura com o tipo de terapia e com o atendimento presencial, adoro as meditações induzidas e respirações.

 

A terapeuta faz eu me sentir segura com a sua formação e busca infinita e incansável pelo conhecimento. Pelas suas técnicas já aprendidas e pela sua desenvoltura ao atender.

Já indiquei algumas vezes porque realmente acredito na sua eficiência e acho que pode ajudar as pessoas. Então indicaria mais e mais. Espero que este depoimento ajude nisso. Beijão Aline!"

 

S.C sobre terapia presencial:TERAPIA TRANSPESSOAL: "Tenho 28 anos,sou de São Paulo e recebi atendimento pessoal por duas vezes (Terapia Transpessoal e Tarô). Conheci o trabalho da Aline através de Amigas, e meu objetivo era desenvolver meu auto conhecimento. Fiz uma consulta ao tarot terapeutico e uma sessao de terapia transpessoal.

 

Me senti muito a vontade, um atendimento super tranquilo. A Aline é uma ótima profissional sempre deixando o atendimento confortável e atenciosa. Eu indico estas terapias porque são uma maneira de realmente se conhecer e admitir seus defeitos e qualidades, assim melhorando seu jeito cotidiano, o seu espírito e sua alma. Aline, quero dizer

 

a você, que permaneça essa pessoa linda que é e com este atendimento simplesmente sem palavras para descrever de tão especial.Gratidão você por toda ajuda! Beijos.

Bióloga

Gabriela

© 2017 por Essência Materna - Apoio Terapêutico

Tel/whats: 047-9 92672590   

Aline Melo

Doula

  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now